4 de dez de 2014

Vc sabia? Cheirinho de cookie...

Na inauguração do Magic Kingdom, havia uma máquina que espalhava na Main Street um cheiro delicioso de cookie fresquinho. Disney queria que as pessoas se sentissem bem recebidas no seu parque, como se fosse a cozinha de sua avó.
Depois da construção da Main Street Bakery, cujas saídas dos fornos foram estrategicamente voltados para a rua, a máquina foi instalada num utillidor - um dos túneis subterrâneos do parque (depois conto sobre isso).

Quando ir para a Disney?

Sempre!!!!
Mas, se tivermos a opção de visitarmos num período com parques mais vazios, melhor. As filas costumam andar rápido e às vezes tem alguma diversão na fila.
Com esse calendário da Your First Visit, você pode ter uma visão do melhor período para visitar a terra encantada em 2015 (não preciso dizer que 1 é suuuper legal e 11 é absurdamente lotado).

Vamos dar uma olhada:

* Em março, temos o Spring Break - uma semana de folga em todas as escolas e universidades americanas. Ou seja, quem tem crianças, acaba indo pra Disney. Já peguei a semana de folga da turma da Flórida na Disney e foi infernal - não tinha espaço para ficar de pé na parada da noite. Loucura, loucura, loucura.
* Maio (segunda) temos o Memorial Day - feriado nacional. Mais um motivo para ir para a Disney. Lembrando que os americanos normalmente não emendam feriados, quando cai de 2.a ou 6.a feira, é festa!
* Junho, julho e agosto acontecem as férias de verão nos Estados Unidos somadas às férias de julho de toda a América do Sul. Lotado! E quente como o inferno.
* Outubro tem o Columbus Day, outro feriado nacional. Junto com a Semana da Criança do Brasil.
* 31 de outubro temos o Halloween, que costuma levar um monte de gente para os parques - sim, a decoração é incrível.
* Novembro é o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving), aquele famoso feriado que tem o Black Friday, outro feriado no dia seguinte, com descontos imperdíveis. 4 dias de folga? Bora prá Disney.
* Natal e Ano Novo sempre são motivos para dar uma escapada para a Disney. Apesar de cheio, vale o esforço.

Mas aqui você encontra todos os eventos e períodos de pico nos parques.

Se você não tem como fugir dos períodos de pico, FastPass+ sempre ajuda. Coordenar os tempos de espera pelos aplicativos dos próprios parques (ou não) é fundamental. Mas se você não está com saco prefere não se preocupar, vá de peito aberto e aproveite o que vier.



E aqui você tem o calendário de 2016:


Programe-se!

Aluguel de carro: um mal necessário?

De forma geral, diria que sim. A não ser que vc esteja dentro do Complexo Disney e não esteja ávido por compras - aí, basta pegar o transporte público da Disney até Downtown e pegar um taxi - você estará a 15 obamas do Walmart ou do Premium Outlet da Vineland. Do contrário....

A cidade de Orlando e demais cidades do entorno são muito espalhadas, com grandes distâncias a serem percorridas. O sistema público de transporte, apesar de eficiente, não permite deslocamentos rápidos. E, se você é como eu, sabe que tempo é dinheiro - especialmente em dólar.

Sempre alugo carro e tenho algumas estratégias para conseguir bons descontos. O trabalho é grande mas já consegui descontos de 50% nas minhas locações. Com a economia de um mês de aluguel em 2013, paguei metade do meu Disney Cruise. Capisce?

1. Procure códigos e benefícios com desconto: você costuma encontrar códigos (promo codes) que vc deverá incluir no momento do orçamento da reserva no sites das locadoras.

- Você pode usar os descontos e serviços de sites de cartões de crédito: MasterCard Platinum no Brasil, MasterCard Black no Brasil, Visa Platinum no Brasil, Visa Estados Unidos, MasterCard Travel Services, por exemplo.

Se você tiver um MasterCard Platinum: procure a aba Aluguel de Automóveis aqui (Avis 20% off, Hertz 10% off e National 25% - sujeitos a restrições e condições)
Se você tiver um MasterCard Black: procure a aba Aluguel de Automóveis aqui (Avis 20% off, Hertz 10% off e Sixt 15% - sujeitos a restrições e condições)

- em fóruns: Fat Wallet, Flyer Talk,
- ou em sites especializados como RetailMeNot, Coupons, Rental Car Momma, (basta digitar no Google rental car promo code).

Depois desse exercício, por fim, ligo aqui no Brasil para a Avis (11 2155-2847 ou 0800-725-2847) e tento negociar em cima do menor preço que eu tenho em mãos. Vantagem? Pago aqui em 3x sem juros e sem o IOF. (isso não é publicidade, ok?). Para mim, valeu a pena.

2. Seguro: nenhum seguro oferecido pelo locadora é obrigatório ser contratado com eles - certamente, eles vão alegar que é obrigatório. Entretanto, vc deve avaliar o quanto você está disposto a correr o risco. Sabe como é, você está fora do seu país e fica sempre a dúvida: e se? Você está de férias, não deveria se preocupar nem se estressar com eventuais problemas.
Entendendo a nomenclatura:
CDW (Collision Damage Waiver) - Isenta a Responsabilidade de Danos por Colisão
LDW (Loss Damage Waiver) - Isenta a Responsabilidade de Danos por Roubo
SLI (Supplemental Liability Insurance) ou EP (Extended Pretection) ou LP (Liability Protection) - Cobre danos em veículo ou propriedade de terceiros e também danos pessoais.

Normalmente, se pagar o aluguel do carro com cartão de crédito, o CDW e LDW são cobertos (MasterCard Platinum, MasterCard Black, Visa Platinum, Visa Infinite, por exemplo). Fazer o seguro oferecido pela locadora fica a seu critério. Eu sempre uso o MasterCard Platinum e nunca tive problemas. Mas recomendo que você leia os termos e condições, bem como as coberturas, e avalie com cuidado.

3. Qual carro? Ir para Flórida implica em compras. Muitas. Eu sempre opto por um carro grande e espaçoso - aqueles carrões gringos cheios de espaço - minivans. Por quê? Normalmente somos 3 ou 4 pessoas. 2 malas por pessoa. Mais carrinho e cadeirinha. Mais malas de mão. Alguma dúvida do tamanho de carro que precisamos? Sempre optamos pelo Toyota Siena - por conta da tampa do porta-malas ser mais reta e caber MUITA mala (já colocamos 10 malas jumbo!!!).

 

Ou seja, o importante é pensar nas malas no hora da volta.

4. GPS? Sim, com certeza. Leve do Brasil com os mapas dos Estados Unidos carregados ou compre um lá. Alugar, dependendo do número do dias, não compensa. Se vc não esá seguro em sair do aeroporto sem um navegador, opte por carregar os mapas no Google Maps (não precisa de conexão) ou algum aplicativo que te leve ao Walmart ou Best Buy mais próximo.

5. Cadeirinha/Booster? É obrigatório (até 5 anos) e sujeito a multas pesadas. Sempre despacho (não conta como volume, é isento), bem embaladinha. Dizem que as locadoras não deixam sair sem cadeirinha - não sei, nunca vivi isso. Se quiser checar a obrigatoriedade, veja aqui.

6. Pagamento com cartão de crédito: é importante destacar que o cartão de crédito com o qual você fará o pagamento esteja no mesmo nome do condutor (principal ou adicionais, tanto faz). Caso contrário, eles pedem um depósito em dinheiro.

Se tudo parecer muito complicado, você pode contatar uma agência de viagens que fazer as reservas para você - aliás, recomendamos fortemente que você procure um agente de viagens se não se sentir confortável com tantas siglas.... Não sai mais caro, de verdade. Tranquilidade não tem preço.
Se precisar de ajuda, entre em contato com a gente que a gente esclarece as dúvidas.

Nova Downtown Disney

A Disney está sempre mudando. E nunca vi ficar pior. Bom, no começo, a gente estranha e fica resistente mas logo se encanta.
Já era hora de repaginar a Downtown Disney - e vai virar Disney Springs. E, além de nova área, a melhor notícia: estacionamento. Sim, quem tentou estacionar lá à noite, num sábado, sabe do que estou falando.
E agora se chama Disney Springs. Não vejo a hora!



Para saber mais, veja em: Downtown Disney em português

Na Disney. Tudo o que você precisa saber.

Apaixonadas por Disney, resolvemos dividir toda nossa experiência.
Mary foi guia na Disney e já a visitou mais vezes que consegue lembrar. Giu foi CastMember e sabe tudo dos bastidores - além de informações mega privilegiadas de fontes internas.
Dúvidas e sugestões? Mande pra gente nadisney@terra.com.br.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...